é ele mesmo

é agora.
foi nos teus olhos que eu vi
os cavalos se afastando.
foi no teu rosto que eu li
o susto.
o som dos cascos se afastando
a poeira rodopiando no ar.
foi assim.
no teu gesto que eu quis
foi na tua vontade
que eu viajei:
sem porto.
e fiquei nau
– agora deriva.